Você é impecável com a sua palavra?

Ter a capacidade da relação humana, é o maior segredo do ser humano. Acredito que o que possa contribuir para a mudança do mundo é o conceito de relações comportamentais.

Nós somos mamíferos e temos que conquistar a capacidade de relações humanas. Nós emitimos grunhidos como homem e o maior problema é que um não entende o que o outro fala. O problema de tudo isso é a comunicação.

Desde que aprendeu a falar, o ser humano utiliza as palavras exaustivamente, falando por falar. Na maioria das vezes dizendo coisas sem significado e importância, apenas pelo gosto de não precisar se confrontar com o seu tagarelar mental. Não se sentir sozinho consigo mesmo, confrontando-se com um vazio que lhe parece sem sentido.

Então ele entrega-se a um passatempo que vai do inútil “jogar conversa fora” até a nociva fofoca. Disseminar informações cuja veracidade não podemos comprovar ou, pior, que absolutamente nada acrescentam em benefício de quem quer que seja, é uma das piores formas de envenenamento mental através da palavra. Envenena também porque influência, com a palavra descuidada e leviana, a opinião de terceiros, significa o apoio para o próprio ponto de vista que nos confere a ilusão de engrandecimento.

Diante da energia liberada em cada palavra que pronunciamos, podemos nos conscientizar de que elas afetam não só a quem as dirigimos, como também a nós mesmos. Alguns psicólogos chegam a afirmar que “tudo o que dizemos aos outros, primeiramente estamos dizendo a nós mesmos”.

Quando falamos algo o ouvido mais perto é o nosso e somos nós quem ouve mais alto o que nos falamos. Quando eu ouço isso gera estímulo no meu cérebro e quando eu vou falar isso gera estímulo no meu cérebro. Quando eu falo estou treinando mais o meu cérebro e esse é o pecado da palavra… Estamos o tempo todo falando o que não vai acontecer no nosso cérebro.

ex: Estou chegando? E está longe. Vou correr 30 minutos. E corre somente 15.Vou comer pouco no almoço, e come um monte.

Cada vez que você fala que vai fazer algo e não faz, você está treinando o seu cérebro para não acreditar em você mesmo.

Você passou a vida dizendo o que vai fazer no ano, e não fez… Você fala e não será cumprido e quando você quer que cumpra , o cérebro não cumpre. Seja impecável no menor detalhe da sua palavra. Seja impecável com tudo que você fala.

Se a pessoa te manda um WhatsApp e você fala que esta com saudade, se você não estava, não precisa falar. Você treinou seu cérebro para falar o que sente, mesmo sem sentir.

Treine nos mínimos detalhes, pontualidade, açao, sentimentos, dizer “eu realmente não posso”, se você não pode, sem dar desculpas. Comece a dizer para si própria tudo que irá acontecer com você. “Eu vou emagrecer, vou ficar rico, vou trabalhar melhor”. O seu cérebro diz, seu ouvido escuta e isso será cumprido.

Impecabilidade da palavra é ser coerente perante a verdade do seu coração e o seu comprometimento. É ter a idoneidade de assumir a responsabilidade por todos os atos, sem se julgar ou culpar, sem atribuir culpa a outras pessoas ou a fatores externos.

Ser impecável é amar e respeitar a si próprio, pois a auto-rejeição significa a destruição da própria vida. Portanto, ser impecável com a palavra significa, em primeiro lugar, não revertê-la contra si mesmo.

Como empreendedoras que somos, temos que ter muito controle em sermos impecáveis, com os nossos compromissos, foco, metas e liderança. Estamos sempre em destaque e somos exemplos para muitas pessoas. Seja honesta com você, faça o seu melhor e faça o que realmente fala. Seja congruente e, acima de tudo, seja feliz.

Etiquetas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *