Pessoas compram de pessoas e não mais de marcas!

O que o meu negócio tem a ganhar com a humanização no atendimento?

Logo no início da globalização e da evolução da tecnologia, surgiram infinitas possibilidades de se conectar uma organização ao seu público através de atendimentos práticos e tecnológicos. Hoje, percebemos um movimento inverso ao conceito dessa praticidade. Há quem prefira ser atendido por uma máquina ou até mesmo por uma pessoa que segue um determinado protocolo ou script mas, podemos dizer que a grande maioria ainda prefere um atendimento mais humanizados, de forma que pessoas falem com pessoas.

Uma das preocupações atuais das organizações é justamente essa humanização dos processos e principalmente no atendimento em todos os pontos de contato com o público.

Essa nova visão tem como início a valorização do capital humano nas organizações, afinal, a tecnologia é tão democrática que acaba sendo igual para todos, transformando esse contato com pessoas um verdadeiro diferencial para marcas.

Em contato com grandes executivas do mercado, tenho percebido o quanto os negócios tem a ganhar com estas conexões mais humanas. E como trabalhar este a humanização diferencial competitivo no seu negócio?

Comece de dentro para fora!

Se os seus parceiros e colaboradores não tiverem um propósito dentro da organização, não fará sentido para eles disseminar essa cultura. Aqui é fundamental que o RH e as lideranças busquem políticas de desenvolvimento interno aos seus funcionários.

Fale com pessoas

Trabalhe uma comunicação leve com o seu público, invista em debates saudáveis e demonstre que como marca, o seu negócio tem muito o que dizer.

Que tal trabalhar hoje mesmo um jeito mais humano de falar com o seu cliente?

Humanizar, significa entender o outro e respeitá-lo.

Gostou das dicas? Me acompanhe também nas redes sociais Facebook e Instagram @tatyaneluncah

No meu Canal do Youtube você também vai encontrar mais conteúdo! Acesse aqui

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *